um rosto lindo e
um sorriso encantador
um rosto lindo e
Ontem amava
Hoje desapegou .
“até gostava dele, mas gostava mais de bar, de rolê… de rap!”

procurando o botão deletar na sua cara pq ela me da nojo


“Sou meio estranha e já me conformei com isso. A gente não pode passar a vida brigando com a gente mesmo, senão fica aquela coisa de inimigo muito íntimo e isso é bem ruim. Eu sei que de vez em quando sou a minha pior inimiga, mas já entendi algumas coisas sobre mim, sei que preciso aceitar que o mundo é como é. Só que ainda vejo a vida com óculos de coração.”
~ Clarissa Corrêa.    (via romanteios)

me desculpe se eu te ofendi quando te chamei de puta, eu sinceramente pensei que você soubesse


“Depois de um tempo, descobri mesmo o que era dor. Dor não era apanhar de desmaiar. Não era cortar o pé com caco de vidro e levar pontos na farmácia. Dor era aquilo, que doía o coração todinho, que a gente tinha que morrer com ela… Sem poder contar para ninguém.”
~ Meu Pé de Laranja Lima. (via quase-heroi)

namorar do latim naum precisus


“Crescer é utilizar melhor o tempo que resta. Cansei de amores de meia página. Amizades com meia dúzia de letras não me satisfazem mais. Com o passar do tempo, a gente quer sossego e tranquilidade que rodopia. Alguém que nos acolha, que nos traga um sorriso gratuito, que dê um abraço que deixa sem ar, que o abraço sem ar seja mudo e que tenha a seguinte legenda “olha, eu estou aqui bem aqui pertinho de você, não fica com medo não”.”
~ Clarissa Corrêa.   (via supriu)